sábado, 24 de junho de 2017

PROJETO USF DO PROFESSOR LEONELLO DA UNESPAR EM NOVA TEBAS É IMPORTANTE PARA A REGIÃO













O professor João Carlos Leonello da Unespar campus Campo Mourão possui um projeto no Programa Universidade Sem Fronteiras, da SETI - Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior no município de Nova Tebas que está tendo grande repercussão, com o trabalho intenso além da coordenação, especialmente com o trabalho dos jovens agrônomos Alexandre Menon e Julio Cézar Vidigal.

Foi notícia na Agência de Notícias do Paraná, CLIQUE AQUI para ler,  ocasião em que o governador Beto Richa esteve na cidade. Da Unespar, além do coordenador do projeto professor João Carlos Leonello, estavam presentes o reitor professor Antonio Carlos Aleixo e o auditor e controlador professor Sérgio Luiz Maybuk. 

Oferecer assistência técnica para 30 produtores associados à Cooperativa dos Agricultores Familiares de Nova Tebas (Coopertebas), visando estimular a diversificação e práticas sustentáveis de produção, é o principal objetivo do projeto desenvolvido pela Universidade Estadual do Paraná (Unespar).

O projeto de apoio à Coopertebas tem investimentos de R$ 82 mil. João Carlos Leonello, coordenador do projeto na Unespar, destaca que a viabilidade da pequena propriedade de agricultura familiar passa, necessariamente, pela diversificação da produção, saindo da monocultura e buscando ampliar os itens produzidos para aumentar a renda da propriedade. Neste sentido, é imprescindível disponibilizar assistência técnica aos produtores, para que possam incorporar novas tecnologias às práticas de produção.  

O reitor da Unespar, Antonio Aleixo, ressalta que Nova Tebas é um município agrícola, com pequenos produtores, que produzem de forma familiar. “A universidade os apoia com assistência técnica e gestão de projetos. A Unespar cumpre seu papel na região e, ao mesmo tempo, ajuda no desenvolvimento uma parte importante do Paraná, que não é abrangida pelos grandes centros”. 

Recentemente, conforme pode ser visto nas quatro primeiras fotos, os integrantes do projeto participar à convite da EMATER de um "Dia de Campo" e na ocasião puderam apresentar um pouco do trabalho que estão desenvolvendo. 

sexta-feira, 23 de junho de 2017

terça-feira, 20 de junho de 2017

CAMILLA TEIXEIRA PAES SE FOI HOJE

Amigos, depois de mais de uma semana passando muita dor, mas recebendo muito cuidado médico e fantástica rede de apoio e orações, Deus achou melhor levar a Camilla filha da minha Ledinha  hoje de manhã.
A Camila é a moça do belo sorriso usando boné é óculos.  

terça-feira, 13 de junho de 2017

AVELAR E POYER ASSUMEM DIREÇÃO DA UNESPAR CAMPUS DE CAMPO MOURÃO-PR

Ontem nos meus 21 anos na condição de professor da Unespar campus de Campo Mourão e também como auditor e controlador da Unespar, assisti a mais uma posse de nova direção.

Tomaram posse os professores João Marcos Borges Avelar e Carlos Nilton Poyer diretor e vice-diretor respectivamente.

A cerimônia foi presidida pelo reitor professor Antonio Carlos Aleixo que esteve acompanhado por vários membros da reitoria.  CLIQUE AQUI para ler a matéria. 

quinta-feira, 8 de junho de 2017

MINHA PARTICIPAÇÃO DIRETA NO ENDER-SEMAGE 2017 UNESPAR CAMPUS DE CAMPO MOURÃO










Está acontecendo na Unespar campus de Campo Mourão nos dias 07,08 e 09 de junho o I Encontro Interdisciplinar de Desenvolvimento Regional - Ender - “Desafios e perspectivas para o Planejamento e Gestão Territorial” e simultaneamente o III Seminário de Avaliação e Disseminação do Grupo de Pesquisa Gera – Semage . O evento é uma ação do Grupo de Pesquisa Gera que objetiva discutir caminhos de investigação que contribuam para o desenvolvimento regional, bem como discutir as formas de planejamento e de gestão dos territórios.

Sobre o dia 07 (abertura) e dia 09 (encerramento) e sobre a Mesa Redonda realizada no período da tarde do dia 08 e um panorama geral do evento, na condição de editor do grupogeracm.blogspot.com.br, farei uma matéria específica no sábado e publicarei no referido blog. Na presente publicação publico minha participação direta no evento.

Das  10 as 12 horas do dia 08 de junho de 2017, fui mediador (ver as 04 primeiras fotos) da Mesa Redonda intitulada "Planejamento e Gestão do Território" que teve como comunicadores/a os/as professores/a doutores/a Adalberto Dias de Souza, Paulo Roberto Santana Borges e Ricardina Dias (o primeiro do colegiado de Administração e os demais de Ciências Econômicas).

Foi uma excelente Mesa Redonda, três importantes comunicações enriquecidas pela mediação e pelas perguntas e comentários do professor Fábio Rodrigues da Costa,  da professora e coordenadora do evento Áurea Andrade Viana de Andrade, da professora Michelle Graciela Morais de Sa e Silva - ENAP/IPEA e professora    Sandra Terezinha Malysz.

Das 19h40 min as 22h30 min, participei das apresentações de comunicações na sala D22 coordenada pelo professor doutor Adalberto Dias de Souza.

Os trabalhos apresentados (a partir da quinta foto) tem seguintes títulos e apresentadores:

"Uma breve análise sócio-econômica de empreendimento de economia solidária do ramo de separação de materiais recicláveis - Coopertrage - União da Vitória-Pr, oriundo de uma política pública bem sucedida" - autoria  e apresentação de Sérgio Luiz Maybuk .

"Eleições e gastos com saúde nos municípios do Paraná" - autoria e apresentação de Simone Luzia Santana Sambugaro Wencel e Jorge Leandro Delconte Ferreira.

"A educação ambiental como uma política pública necessária para as áreas rurais e o direito ao saneamento básico" de autoria de Ana Paula Azevedo da Rocha e autoria e apresentação de Sandra Terezinha Malysz.

"A emancipação político-administrativa do município de Mato Rico/PR  e seus efeitos no relacionamento com os cidadãos" de autoria e apresentação de Adalberto Dias de Souza e autoria de Juliano Domingues, Samuel Loch e Ceres America Ribas.

"Implicações sócio-econômicas e perspectivas de desenvolvimento pós-emancipação político  administrativa em pequenos municípios paranaenses" de autoria de Adalberto Dias de Souza, autoria e apresentação de Rafaela de Lima Silva, autoria de Rodrigo Monteiro da Silva e Tito Jerónimo Adalberto Alfaro Serrano.

"Comparação dos processos iniciais de colonização e exploração do Brasil, México e Estados Unidos da América" de autoria e apresentação Wellington Zachytiko Vitti, autoria de Adalberto Dias de Souza, Ceres America Ribas e Omar Matheus G. D. de Souza.

Foram todas apresentações muito boas, com conteúdos relevantes que suscitou importantes debates entre os presentes.

terça-feira, 6 de junho de 2017

MÁRCIO POCHMANN E A CONTRARIEDADE AO RECEITUÁRIO NEOLIBERAL

O grande economista Márcio Pochmann, o qual tive o prazer de conhecer e conversar em Porto Alegre-Rs, escreve um artigo jornalístico interessante sobre a contrariedade ao receituário neoliberal no mundo. CLIQUE AQUI para ler.

PROJETO CADI - CENTRO DE APOIO E DESENVOLVIMENTO DO IDOSO







Na quinta feira passada, tive o prazer de participar de uma reunião no anfiteatro da Unespar campus de Campo Mourão-Pr, para o lançamento do projeto CADI - Centro de Apoio e Desenvolvimento do Idoso.

O projeto é de iniciativa da professora doutora Yeda Maria Pereira Pavão do colegiado de Administração e da acadêmica do quarto ano do curso Jéssica Rodrigues.

O projeto tem até o momento três belas parcerias, a primeira e sem qual não seria possível a execução dos trabalhos, é a disponibilidade  do Pastor Edwin Ferraz - Presidente da Igreja Batista e do Instituto Crescer, em ceder um espaço físico bem ao lado do campus; a segunda também muito importante, com a Unicampo, por meio das professoras Tânia Mara - Coordenadora do Curso de Serviço Social, Ana Molina - Coordenadora do Curso de Fisioterapia, Muriel Vrecchi - Coordenadora do Curso de Enfermagem e do professor Paulo Ricci - Coordenador do Curso de Psicologia; e finalmente as senhoras artesãs Lenita Weter e Margarete Pinho.

O projeto será direcionado aos/as idosos/as ativos/a que precisam de ocupação e inicialmente farão uso de máquinas de costura, oriundas de antigo projeto do programa Universidade sem Fronteiras para fazerem os acabamentos dos artesanatos criados. Também receberão apoio e atividades necessárias, na áreas de enfermagem, fisioterapia, psicologia e serviço social.

A dinâmica do processo de inscrição para participação será divulgado posteriormente. E possivelmente outros parceiros manifestarão interesse em participar.

Na ocasião se comentou brevemente sobre a possibilidade de se implantar no mesmo local, no período noturno uma creche exclusiva para crianças filhas de mães que estiverem matriculadas e estudando regularmente.

Além da acadêmica Jéssica e a professora Yeda coordenadoras do projeto e as professoras presentes e as senhoras do artesanato, também se pronunciaram e demonstraram interesse e deram total apoio o professor  Sérgio Luiz Maybuk do colegiado de ciências econômicas e no ato representando o reitor professor Antonio Carlos Aleixo, o professor doutor  Adalberto Dias de Souza diretor do centro de ciências sociais aplicadas, o professor  João Marcos Borges Avelar diretor de extensão e cultura  e finalmente o professor Eder Rogério Stela diretor do campus.



   






Prof. Adalberto Dias 
Prof. Éder
Prof. João Marcos
Prof. Serio Luiz Maybuk
Profa. Yeda Pavão
Jéssica Rodrigues (4 ano de adm) 


terça-feira, 30 de maio de 2017

COFECON QUER A SAÍDA DE TEMER E DIRETAS JÁ

Estou muito satisfeito com o COFECON - Conselho Federal de Economia. É contra as reformas criminosas "trabalhista e previdenciária" e emitiu nota pedindo a saída de Temer e Diretas Já. CLIQUE AQUI para ler.

domingo, 28 de maio de 2017

quinta-feira, 25 de maio de 2017

HIPOCRISIA DA MAIORIA DOS BRASILEIROS

Excelente texto do Mário Magalhães. Triste do país onde depredação é escândalo, mas massacre de dez posseiros não.

Separei um parágrafo que mostra a hipocrisia da imensa maioria dos brasileiros: 
Essa constatação não implica endossar os danos ao patrimônio dos cidadãos, que acabarão por pagar a conta. Mas ajuda a compreender o contexto da radicalização. Quem é mais vândalo: o indivíduo que atira uma pedra em vidraça de ministério ou um governante que combina propina de 500 mil reais por semana, a ser embolsada durante 30 anos? CLIQUE AQUI para ler. 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

PROJETO DUPLICAÇÃO DA BR 376 DE PARANAVÁI-PR ATÉ O MATO GROSSO DO SUL

Encontrei na internet. Fora a presente matéria, informo que a Unespar com o referido projeto já esteve presente em Campo Grande-Ms, em Curitiba-Pr em reunião com o secretário de infraestrutura e logística do Paraná José Richa Filho. Dia 29 de maio haverá uma reunião com a diretoria do DER em Curitiba e dia 02 de junho a apresentação do projeto na AMUNPAR - Associação dos municípios do noroeste paranaense. CLIQUE AQUI para ler.

AGORA ESTÃO CLARÍSSIMOS OS MOTIVOS DE DERRUBAREM A DILMA SEM CRIME

Agora estão claríssimos os motivos de derrubarem a Dilma sem crime. CLIQUE AQUI para ler.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

ELEIÇÃO NA UNESPAR CAMPUS DE CAMPO MOURÃO

Hoje encerramos mais um processo eleitoral na Unespar campus de Campo Mourão.
A chapa que apoiei professores Aurea Viana e Paulo Gonçalves perdeu por 56% a 44%.
Praticamente empatou nos agentes universitários, perdeu nos professores e venceu nos alunos que na maioria compreenderam as propostas da chapa.
Aprendi com um amigo logo que entrei na Instituição, de que sempre devemos nos manifestar e mostrar em que chapa votamos. Se ela vence ninguém terá dúvida e se ela perde, têm-se o agradecimento do apoio de quem perdeu e o respeito de quem ganhou pela coragem da manifestação.
Logo após o resultado cumprimentei o vencedor professor Joao Marcos Avelar que aliás, é amigo de longa data e desejei sucesso na gestão que fará dupla com o professor Carlos Nilton Poyer. Na passada perdeu e agora venceu. É do jogo.
Quanto a chapa que apoiei, preciso ressaltar que tive o maior prazer em apoiar naquilo que foi possível.
Foi uma dupla que se formou alguns dias antes das inscrições e tinha muita sintonia. Ele mais contido, característica de alguém com formação em direito e ela apaixonada, intensa, cheia de ideias e com vontade de fazer e pautou o debate. Vai contribuir para o crescimento do campus e da universidade como um todo.
Toda a comunidade acadêmica ganhou com o processo que transcorreu de forma tranquila. Valeu a pena ter participado intensamente de mais um pleito.